Sorria com mais segurança! Conheça os 4 passos do tratamento de implantes dentários

Sorria com mais segurança!

Conheça os 4 passos do tratamento de implantes dentários

 

Se já é ruim sonhar com perda de dente, imagina se acontece de verdade? No entanto, se isso ocorrer, há uma solução para devolver o seu sorriso bonito. Os implantes dentários são indicados para pessoas que perdem o dente e a sua raiz, devolvendo a autoestima e proporcionando saúde bucal. Quem estiver prestes a passar por este procedimento, deve ficar atento e saber da importância de alguns cuidados essenciais, como o acompanhamento regular do dentista durante todo o processo.

 

Mas existem contraindicações para realizar o método? Se a pessoa apresentar problemas no coração ou diabetes, é necessário que essas doenças estejam controladas. Quanto à idade, recomenda-se ter, pelo menos, 17 ou 18 anos, para mulheres, e 18 a 19 anos, para homens. Isso porque a técnica só deve ser aplicada após o crescimento ósseo. Um cuidado muito importante é não fumar durante todo o processo, pois, além de outros fatores prejudiciais à cavidade bucal, este hábito aumenta a possibilidade de infecção e torna a cicatrização dos tecidos mais lenta.

 

Conheça os três tipos de implantes dentários

 

Sorria com mais segurança! Conheça os 4 passos do tratamento de implantes dentários


Implante ósseo integrado

 

Este tipo é completamente diferente dos demais porque o implante é inserido no osso maxilar. Desta forma, ele se integra ao organismo em um período que pode variar de 4 a 6 meses depois da cirurgia. Após a avaliação da recuperação constatar que a integração está completa, o paciente passa por um novo processo operatório. Neste momento, um dente artificial é colocado sobre a peça, ajustando a gengiva à prótese.

 

Prótese protocolo

 

A prótese protocolo é feita em resina ou porcelana. Ela é utilizada em casos que precise recuperar vários dentes, ou seja, a resina ou a porcelana é fixada em implantes de, em média, quatro a oito peças. Como a prótese é apenas parafusada e pode ser retirada pelo dentista, é ideal para quem quer deixar de usar dentadura. Por outro lado, é preciso um cuidado especial, uma limpeza diária para evitar desgastes.

 

Prótese overdenture

 

Este tipo de prótese também é removível. Ela é feita em resina, mas se difere da prótese protocolo em dois sentidos: é feita sobre uma quantidade inferior de peças, em média, de duas a seis, e o próprio paciente pode retirar todo o material sem a ajuda do dentista, ou seja, a higiene fica mais fácil do que a protocolo.

 

Agora que já sabemos os tipos, veja o passo a passo do implante dentário

 

Sorria com mais segurança! Conheça os 4 passos do tratamento de implantes dentários

1º passo

 

É imprescindível que alguns exames sejam realizados antes do procedimento. O seu dentista irá prescrever quais são necessários no seu caso. Lembrando que, quanto mais forem realizados, mais precisão será garantida na hora da instalação do implante. Abaixo, estão alguns exemplos desses exames, mas lembramos que você deve seguir aqueles que o profissional especializado que te acompanha prescrever:

 

  • Exame de sangue;
  • Radiografia panorâmica da cavidade bucal ou tomografia;
  • Exame clínico para analisar o estado dos dentes e da gengiva.

 

Além disso, serão pedidas informações sobre medicamentos e fatores de risco (fumantes, diabetes e/ou gravidez).

 

2º passo

 

Decidir, planejar e informar. Esta é a etapa em que o dentista decide os detalhes e faz o planejamento da colocação do implante. Com os exames iniciais em mãos, o dentista tem tudo o que precisa para saber qual o tamanho e a espessura do implante a ser escolhido. Alguns pacientes precisam de um implante unitário, ou seja, apenas um dente. Porém, outros necessitam de implante múltiplo, que já são vários dentes. Agora é a hora de decidir e explicar.

 

3º passo

 

Equipamentos cirúrgicos, pino de titânio, anestesia local, entre outros. Chegou a hora da cirurgia. Mas antes disso, o dentista irá receitar o uso de antibióticos e anti-inflamatórios. Só assim podemos começar o processo de, por exemplo, instalação do pino de titânio, que faz a função de raiz do dente no osso da boca do paciente. Lembrando que existem três alternativas a seguir. A anestesia local tem efeito rápido e bloqueia temporariamente os estímulos nervosos, impedindo a dor na região de aplicação. Caso seja necessário, é possível realizar a cirurgia com o paciente sedado ou em ambiente hospitalar. Após o período pós-operatório, que dura aproximadamente 2 dias, a alimentação, que também sofreu algumas mudanças, já passa a ser normal.

 

4º passo

 

Esta é a fase final. O seu dentista irá realizar os últimos procedimentos necessários, de acordo com o seu caso, assim como colocar a prótese definitiva, por exemplo. É necessário continuar com as visitas regulares ao dentista, com o intuito de verificar a cicatrização do implante dentário.

 

Veja alguns benefícios do implante

 

Não ter segurança ao sorrir é algo muito desconfortável e isso pode ser causado pela falta de um ou mais dentes. Um dos maiores benefícios do implante dentário é devolver o sorriso harmonioso e a sua autoestima. Além disso, a mastigação saudável e uma dicção mais clara são ótimos resultados causados pelo procedimento.

 

Quer ter acesso a mais conteúdos como este? Acompanhe o nosso site!

 

Posts Relacionados

Piercing na língua: conheça 5 riscos para a sua sa... Está afim de deixar o seu sorriso mais estiloso? Descubra quais são os 5 riscos para a sua saúde bucal ao colocar um piercing na língua. O costume ...

Deixe uma resposta