Qual tipo de restauração dental mais se encaixa no seu caso?

Qual tipo de restauração dental mais se encaixa no seu caso?

Neste artigo vamos explicar os tipos de restauração dental e suas características em detalhes. Mas é importante saber que para responder a esta pergunta (qual tipo de restauração dental mais se encaixa no seu caso?) você vai precisar consultar um dentista e seguir suas orientações.


O que é restauração dental?

O próprio nome já diz, não é? É isso mesmo, o objetivo deste procedimento é devolver, restaurar, reparar, não apenas a parte estética dos dentes, mas também a funcional. Conheças as duas formas de restaurações: as diretas e as indiretas.


As diretas:

São feitas adicionando os materiais diretamente no dente que vai ser restaurado. O seu dentista irá dar preferência a esta opção em casos mais simples, em que apenas a superfície foi afetada.

 

As indiretas:

São feitas com material preparado fora da boca e encaixados no dente aferido. O seu dentista irá dar preferência a esta opção se houver um desgaste maior no local.

 

Qual a diferença entre restauração e obturação dentária?

 

Se você já ouviu dizer que a restauração é praticamente igual à obturação, saiba que esta é uma afirmação correta. Isso se deve porque o dentista irá recomendá-la quando há a decorrência de algo que prejudica a estrutura do dente. Desta maneira, nos dois casos o paciente irá necessitar da recuperação do mesmo. Porém, como citado, elas não são totalmente iguais. Vamos às diferenças:


A restauração deixa o dente nas mesmas condições originais de função estética. Pode ser feita com diversos tipos de materiais (explicados abaixo), todos em busca de um satisfatório resultado final. 
Já a obturação é o ato de “tampar” o buraco deixado pela cárie é feita com amálgama, um tipo de metal cinza que esteticamente pode comprometer a autoestima do paciente. Além disso o amálgama está praticamente banido do mercado por conter mercúrio, que pela sua composição é danosa e tóxica à saúde. Apesar disso, a eficiência do material é excelente e com durabilidade de vários anos.

 

Quando é indicado?

 

Qual tipo de restauração dental mais se encaixa no seu caso


Nos casos em que parte ou todo o seu dente tenha sido perdido por cárie ou por fraturas, esse tipo de processo pode ser indicado pelo dentista. 
Quais são os tipos de restaurações dentais?

  • Restauração de amálgama;
  • Restauração de resina;
  • Restauração em bloco ou coroa de porcelana;
  • Restauração metálica em bloco ou coroa.

Não deixe de ler também. Saúde bucal: quais são as diferenças entre abrasão e erosão dental?


Veja detalhes sobre cada um deles

 

Cada tipo de restauração tem suas especificidades como durabilidade, estética e preço.


Restauração de amálgama (direta)

 

Com alta durabilidade, se trata de um processo rápido e prático. Sua desvantagem se dá na a coloração metálica, momento em que a questão estética é deixada um pouco mais de lado. Além disso por conter mercúrio essa substância é considerada tóxica. Por isso, já podemos considerá-lo obsoleto. E tem mais motivos como o maior desgaste do dente para receber a restauração, falta de adesão e risco de novas fraturas.


Restauração de resina (direta)

 

Já a restauração de resina foca mais na parte da estética. Se trata da restauração dental mais utilizada e recomendada nos consultórios de dentistas. Tem maior capacidade de resistência à mastigação. Possui um sistema adesivo de qualidade sendo fixada ao dente facilmente sem se soltar com facilidade. É possível igualar a cor e formato do dente de forma natural. Mas, por outro lado, requer mais cuidado na execução e manutenção. O processo também não é rápido, é feito aos poucos, dando forma a parte do dente perdida. O preço é mais elevado. Neste caso, você deve analisar o custo-benefício de acordo com o seu interesse e orientação do dentista.


Restauração em bloco ou coroa de porcelana (indireta)

 

A restauração em bloco ou coroa de porcelana é bastante estética. É o material mais utilizado nas restaurações indiretas. O especialista irá indicá-la na maior parte dos casos quando a perda do dente é maior que o dente remanescente. O procedimento é realizado em laboratório. E o preço é mais elevado. Neste caso, você deve analisar o custo-benefício de acordo com o seu interesse e orientação do dentista.


Restauração metálica em bloco ou coroa (indireta)

 

Este tipo de restauração é quase idêntico à de porcelana. A única diferença é ser menos focado na estética devido à sua aparência metálica.

 

Cuidados depois da restauração

 

Qual tipo de restauração dental mais se encaixa no seu caso


Após a finalização da restauração, o dentista irá orientar como deve se proceder. De acordo com cada caso, pode-se pedir para fazer um  jejum ou evite alguns alimentos por algumas horas. E, depois, evitar alguns alimentos com corantes, entre outras orientações. 
Não se esqueça de escovar os dentes adequadamente e o fio dental. Manter a higienização bucal é essencial para aumentar a durabilidade do procedimento. É importante seguir tudo o que o especialista disser para quem deseja manter o resultado por mais tempo.


Você sabia?

 

Com a restauração, o dentista fecha os espaços em que as bactérias podem se infiltrar. Desta forma, o procedimento também ajuda a prevenir uma deterioração posterior. Este é mais um benefício da restauração.

Quer ter acesso a mais conteúdos como este? Não deixe de seguir as nossas redes sociais!

 

Posts Relacionados

8 Dicas para Manter seu Sorriso Saudável no Invern... O inverno chegou e com ele todas as maravilhas que podem ser aproveitadas no frio. O que nem todos sabem é que alguns hábitos e doenças comuns da muda...
Saúde bucal e cigarro: saiba como o fumo pode te p...   31 de maio é o Dia Mundial de Combate ao Fumo. A data serve para alertar as pessoas que ainda fumam e estão presas neste vício sobre o mal q...
Piercing na língua: conheça 5 riscos para a sua sa... Está afim de deixar o seu sorriso mais estiloso? Descubra quais são os 5 riscos para a sua saúde bucal ao colocar um piercing na língua. O costume ...
Manutenção ortodôntica: por que você não pode falt... Colocar um aparelho ortodôntico é coisa séria, faltar a manutenção pode causar sérios danos aos seus dentes. Você que já iniciou o tratamento odont...

Deixe uma resposta