Piercing na língua: conheça 5 riscos para a sua saúde bucal

Piercing na língua: conheça 5 riscos para a sua saúde bucal

Está afim de deixar o seu sorriso mais estiloso? Descubra quais são os 5 riscos para a sua saúde bucal ao colocar um piercing na língua.

O costume de se colocar piercing vem de no mínimo 5000 anos. Apesar dos cuidados serem escassos antigamente, ele foi usado por várias culturas, em várias partes do corpo e com significados diferentes.

No antigo Egito, o piercing no umbigo era utilizado apenas pelos Faraós e pelas famílias reais.

Já na Índia, o piercing no septo e na ala do nariz era usado pelas castas mais altas, um outro significado deste acessório, era que, entre Maias e Astecas o piercing na língua distinguia os sacerdotes dos templos.

Faraós, castas e sacerdotes a parte, o piercing sempre foi presença marcada em nossa sociedade. Usar esse acessório no corpo como forma de nos expressar, é bem habitual nos dias atuais.

É importante entender que, mesmo com todos os cuidados em esterilizar os materiais e no procedimento como todo, os riscos de se ter infecções e outras complicações são altos.
Por isso, a atenção deve ser redobrada.

E você, está pensando em colocar um piercing na língua? Saiba que o estilo deve caminhar lado a lado com a saúde ter essa decisão pode afetar diretamente a saúde da sua boca.

Por isso preparamos esse artigo com 5 riscos que a sua saúde bucal corre, ao colocar este acessório.

Não deixe de ler Dia Nacional da Saúde Bucal: como anda a saúde da sua boca?

 

Infecção

Infecção

Quando vamos colocar um piercing, seja em qualquer local do corpo, o profissional que fará o procedimento sempre nos indica alguns cuidados com uma boa higienização com antissépticos e pomadas.

Além disso, costumam nos alertar quanto a alimentação e a suspensão da prática de atividades físicas por um determinado tempo.

Todos esses cuidados têm um objetivo em comum: evitar a infecção após colocar um piercing na língua.

A nossa boca é um verdadeiro lar para a proliferação de bactérias, afinal é úmida, quente e caso a higiene não seja tão boa, ainda há presença de restos de alimentos.

Por isso é indicado que, lave bem as mãos antes de tocar no piercing. Mantenha a higiene da sua boca em dia, escovando os dentes, tendo cuidado para não machucar o local do furo e visite regularmente o seu dentista para limpeza a cada 3 meses.

 

Dentes danificados

Dentes danificados

Alguns modelos de piercing na língua e da boca em geral, costumam ser grandes. Com isso, qualquer movimento que você faça com eles pode causar danos aos seus dentes.

Danos esses que podem ser variados de acordo com o movimento que você pode fazer com a língua.

Para quem não sabe, algumas pessoas desenvolvem a mania de ficar “brincando” com o piercing na boca, e com isso seus dentes podem ser prejudicados.

Ao longo do tempo essa “brincadeira” pode render para o seu dente, leves fraturas que, de pouco em pouco, podem acabar lascando os seus dentes causando assim, um dano maior.

A língua é um órgão que se movimenta, quase sempre, de forma involuntária, com isso ter um piercing nessa região requer cuidados redobrados.

Já leu? 8 dicas de como cuidar da sua saúde bucal.

 

Endocardite

Endocardite

Um fator que poucos sabem, é que as infecções causadas por bactérias, resultantes de cáries ou infecções pelo furo de piercing podem afetar diretamente o seu coração.

No nosso coração existem válvulas que impedem que o sangue que foi bombeado volte, fazendo com que o fluxo sempre siga uma direção.

Quando a saúde da sua boca está comprometida, essas válvulas também estão comprometidas.

A endocardite infecciosa ocorre quando bactérias e microorganismos em geral, conseguem permear no fluxo sanguíneo e assim encontrar tecidos cardíacos danificados, ou válvulas anormais.

Mas não se engane, pessoas que não possuem problemas cardíacos podem desenvolver a doença.

Mais um reforço de que cuidados como o acompanhamento com seu dentista e a limpeza diária são fundamentais para o seu organismo.

 

Funcionalidade da boca prejudicada

Funcionalidade da boca prejudicada

Ao colocar um piercing na língua, a funcionalidade na nossa boca pode vir a ser alterada, mas isso só acontece nos primeiros dias após o furo? A resposta é não.

De fato, nos primeiros dias após colocar um piercing na língua nossa fala e mastigação ficam prejudicadas. É importante que hajam moderações em ambos os casos.

Mas o que poucos sabem e até não percebem é que, a sua mastigação e fala podem ser comprometidos mesmo após o furo ter cicatrizado. Um piercing na língua, além de tudo, causa o aumento de saliva prejudicando funções básicas da boca.

A mastigação pode ser prejudicada pelo fato de que, a língua auxilia de certa forma a levar o alimentos até os dentes ajudando também na funcionalidade de cada dente.

Este processo pode resultar na má absorção de nutrientes, ocasionando uma má mastigação. Além de fazer com que a fala seja dificultada, podendo ocorrer mordida na língua e excesso de saliva ao abrir a boca.

Saiba também quais são os alimentos que fazem mal para os dentes e gengivas

 

Ferimentos na gengiva

Ferimentos na gengiva

Os piercings na boca em geral, podem interferir em toda a sua estrutura, causando alguns prejuízos irreversíveis. Além de danificar os dentes, prejudicar a fala e a mastigação o piercing pode causar riscos à saúde da sua gengiva.

O tecidos de sustentação dos dentes são muito importantes para a nossa boca. A gengiva é muito sensível, por isso se estiver em contato direto e constante com algum objeto de metal podem surgir problemas relevantes a sua saúde bucal.

Além dos ferimentos causados na gengiva, os piercings podem resultar na retração gengival. Com isso, pode facilitar o surgimento de cáries, além de causar sensibilidade a retração também proporciona um aspecto desagradável.

Esse artigo esclareceu as suas dúvidas? Está pensando em colocar um piercing na língua?
Converse antes com o seu dentista ou procure a clínica mais próxima e agende a sua visita agora mesmo.

 

assinatura Dr. Sorriso

Posts Relacionados

Páscoa saudável: como cuidar da saúde dos seus den...     A Páscoa é um data de muita alegria, união e comemoração. Além disso, ela também é uma das épocas mais gostosas do ano - senão a m...
Dia Nacional da Saúde Bucal: como anda a saúde da ... No dia 25 de outubro é comemorado o Dia Nacional da Saúde Bucal. Saiba porque essa data deve ser levada a sério. Com o objetivo de conscientizar a ...
Quais são e a importância das 6 peças do seu apare... Você sabia que o seu aparelho ortodôntico é composto por várias peças? Além das mais conhecidas, outras não muito famosas também são de extrema impo...
Entenda como o consumo de água pode interferir na ... Frequentemente, acabamos bebendo pouca água e deixando a hidratação de lado, o que afeta diretamente a nossa saúde bucal.   Ainda hoje, ...

Deixe uma resposta