Aparelho metálico X estético: quais as diferenças e qual escolher?

Aparelho metálico X estético: quais as diferenças e qual escolher?

 

 

Você está se sentindo incomodado com o seu sorriso? Ou está percebendo que os seus dentes estão desalinhados, com atrito e isso está prejudicando a sua mastigação, sono e até mesmo causando dores de cabeça? Então, provavelmente, você precisa usar um aparelho. Mas qual será o tipo ideal para o seu caso: aparelho metálico ou aparelho estético?

 

Hoje, além de opção mais famosa, o aparelho metálico, existe também o aparelho estético. Feito de um material mais discreto, que imita a cor natural dos dentes. Ele tem se tornado cada vez mais requisitado nos consultórios odontológicos. Se tornando o queridinho dos pacientes que precisam corrigir a posição dos dentes seja por motivo estético ou de saúde.

 

Quer saber qual o tipo de aparelho é o mais indicado para deixar o seu sorriso perfeito? Será que o aparelho metálico é o melhor ou será que o aparelho estético é ideal para você? Continue a leitura e descubra!

 

Isso também vai te interessar. No mês das noivas confira 5 dicas para um sorriso saudável

 

 

Qual é o tipo de aparelho visualmente melhor e que chama menos a atenção?

 

Uma das questões que mais incomodam quando falamos de aparelho é a aparência. Há quem acredite que ele deixa a imagem do sorriso desagradável e se incomodam muito com seu aspecto.

 

Principalmente com os aparelhos metálicos, que chamam mais a atenção devido a sua tonalidade escura e brilhante.

 

Como alternativa, surgiram os aparelhos estéticos, cujos bráquetes têm coloração muito semelhante a dos dentes, deixando o aparelho quase imperceptível!

 

Os aparelhos estéticos podem ser feitos de diversos materiais, como porcelana policristalina, que dá uma aparência mais opaca, ou monocristalina que dá uma característica translúcida, conhecida como tipo safira, dando um brilho natural aos dentes.

 

Vale ressaltar que, apesar do aparelho estético utilizar os bráquetes materiais que têm a coloração semelhante à natural dos dentes, ela só se manterá assim se for feita a higiene bucal correta. Caso contrário, a cor da porcelana pode se alterar devido aos resíduos dos alimentos ingeridos.

 

Tomando os devidos cuidados com a manutenção do aparelhos, para as pessoas que precisam usar aparelho, mas morrem de vergonha de ficar com um “sorriso metálico” a melhor opção é, sem dúvidas, o aparelho estético. Assim, os problemas ortodônticos serão corrigidos de forma mais discreta.

 

 

Qual é o tipo de aparelho mais resistente?

 

Aparelho metálico X estético: quais as diferenças e qual escolher

 

Uma das principais diferenças entre os aparelhos metálicos e estéticos está relacionada ao tipo de material das peças, os bráquetes e seu nível de resistência.

Esse é um fator muito importante a ser avaliado. Afinal, ninguém quer ter que ir toda hora no dentista para consertar o aparelho que quebrou durante uma refeição, não é mesmo?

 

Os bráquetes metálicos são mais maleáveis devido à natureza do material. Eles aceitam melhor alguma pressão ou impacto que possam ocorrer, sem quebrar facilmente.

 

Por outro lado, os bráquetes estéticos são menos resistentes. Eles costumam quebrar mais mesmo sob impacto leve, como durante a mastigação. Principalmente as partes conhecidas como aletas e ganchos, que são as mais frágeis.

 

Outra situação comum com os aparelhos estéticos é a soltura e a necessidade de recolagem dos bráquetes, que costuma ser mais frequente em pacientes com aparelhos estéticos do que em aparelhos metálicos.

 

Porém, vale ressaltar que a boa fixação dos bráquetes está diretamente ligada com a qualidade dos materiais utilizados e se o dentista seguiu o protocolo de fixação. Por isso é tão importante contar com profissionais sérios.

Não deixe de ler também . Afinal o tratamento de canal pode deixar meus dentes escuros?

 

 

Qual é o tipo de aparelho mais confortável?

 

O conforto é um fator fundamental que deve ser considerado na hora de escolher entre o aparelho metálico ou o aparelho estético. Afinal, o tratamento leva, no mínimo, alguns meses e será muito melhor passar por esse período com o maior conforto possível.

 

Mesmo com materiais de alta qualidade e um excelente polimento, o contato entre o fio de metal e os bráquetes pode causar desconforto, principalmente na primeira semana de uso.

 

Porém, após esse período, o aparelho metálico costuma ser o que mais causa incômodo. Em alguns casos, os pacientes relatam que frequentemente percebem que alguns bráquetes arranham a parte inferior dos lábios durante a mastigação.

 

 

Qual tipo de aparelho apresenta os melhores resultados?

 

Aparelho metálico X estético: quais as diferenças e qual escolher

 

Quando alguém precisa colocar aparelho, seja por motivo estético, uma das primeiras perguntas que o dentista ouve é “Quando vou tirar o aparelho?”.

 

Isso é normal. A maioria das pessoas não gosta muito de usar aparelho. Afinal, ele não é esteticamente bonito, pode incomodar, exige uma higiene bucal mais regrada devido ao acúmulo de alimentos etc. Ou seja, usar aparelho não é lá tão divertido assim.

 

Qual aparelho apresenta resultados mais rapidamente? A resposta é: depende!

 

O tempo de tratamento varia muito de caso para caso. Algumas pessoas desejam apenas melhorar a aparência estética do sorriso e deixá-lo mais alinhado. Por outro lado, alguns pacientes têm problemas relacionados à mordida, que prejudicam a mastigação, digestão e causam até mesmo dor de cabeça, prejudicando a sua qualidade de vida.

 

Por isso, apenas o seu dentista pode fazer um previsão de quanto tempo o tratamento ortodôntico irá levar, com base em exames e no diagnóstico.

 

Entretanto, um bom profissional de saúde bucal sabe que é praticamente impossível definir um data exata para retirar o aparelho no momento em que ele é colocado no paciente. Cada corpo evolui de uma forma, por isso é tão importante realizar o acompanhamento.

 

Mais importante que escolher o aparelho metálico ou o aparelho estético, é ter um profissional de saúde bucal de confiança. Que utilize materiais de qualidade e, é claro, seguir as orientações do dentista tanto na frequência visitas para ajustes do aparelho quanto na manutenção e higiene bucal durante o processo.

 

São esses fatores que farão toda a diferença para o sucesso do seu tratamento odontológico.

 

Este conteúdo foi útil para você? Curta Rede Odonto nas redes sociais, fique por dentro das novidade do universo na saúde bucal e compartilhe nossos materiais com seus amigos.

 

dr correto

Posts Relacionados

Dia Nacional da Saúde Bucal: como anda a saúde da ... No dia 25 de outubro é comemorado o Dia Nacional da Saúde Bucal. Saiba porque essa data deve ser levada a sério. Com o objetivo de conscientizar a ...
Como limpar o aparelho ortodôntico de forma rápida... Dicas valiosas para você não perder tempo durante a escovação.   Finalmente, o grande dia chegou! É hora de tirar o aparelho ortodôntico e ver um ...
Tártaro nos dentes: o que é e como tratar o proble...   De manchas amareladas a gengivite, descubra o que é tártaro nos dentes e como tratar o problema.   Você escova os seus dentes e u...
Aparelho Ortodôntico Autoligado: 6 benefícios para... No momento de iniciar um tratamento ortodôntico muitas dúvidas podem surgir. Entre elas, qual é o tipo de aparelho ideal para o seu caso. Será que é o...

Deixe uma resposta