abscesso dentário

Abscesso dentário: o que é e como tratar a dor de dente?

Não pense que dor de dente é uma coisa comum. Saiba as causas, sintomas e tratamentos do abscesso dentário.

Muito se engana quem acha que ter uma dor de dente, é uma coisa comum, se o dente doeu, é sinal de que a saúde da sua boca está em risco.

É comum vermos pessoas, até as mais próximas da gente, reclamando de algum desconforto ao comer, ou uma dorzinha persistente que não há remédio que resolva, se você conhece alguém assim, ou talvez você seja essa pessoa, alerta vermelho.

Vamos repetir, dor de dente não é normal, não é comum e não acontece naturalmente. É preciso se atentar a saúde da sua boca, pois uma dor que você considera inofensiva, pode causar sérios danos a sua boca.

Já viu o nosso último artigo? Por que você não pode faltar a manutenção ortodôntica.

 

Mas então, o que é um abscesso dentário?

O abscesso dentário, também conhecido como abscesso periapical, nada mais é do que uma infecção bacteriana, podendo ocorrer em variadas regiões dos dentes.

Além da possibilidade de estar com o dente inflamado, essa inflamação pode ocorrer também na região da gengiva, mais especificamente próximo a raiz do dente, o chamado abscesso periodontal.

Essa dorzinha incômoda pode ter muitas causas, dentre elas uma cárie não tratada, um trabalho dentário mal feito, um ferimento que não foi curado corretamente, entre outros.

A questão é, se tiver alguma abertura para facilitar a entrada de bactérias, as chances de se desenvolver um abscesso dentário são grandes.

 

E quais são os sintomas do abscesso dentário?

É preciso conhecer, e estar atento aos sintomas que surgem, para que o abscesso dentário não se torne um problema maior.

Lembrando que, não espere doer para ir ao dentista, visitar o seu dentista regularmente é importante para que doenças como essa sejam tratadas antes do seu avanço.
Mas, se por acaso você sentir uma dor, mínima que for, procure um profissional o mais rápido possível.

Conheça alguns dos principais sintomas de quem pode estar com um abscesso dentário.

 

Dor de dente

Dor de dente

Este é um sintoma clássico, de quem está com algum dente inflamado. No início as dores podem vir de forma branda, porém não deixam de incomodar.

Se você nunca sofreu com uma dor de dente, saiba que qualquer dor na região da boca afeta diretamente a nossa cabeça. Isso mesmo, além da dor de dente a sua cabeça provavelmente também vai começar a doer.

A medida em que essa infecção avança, as dores ficam cada vez mais insuportáveis, (infelizmente remédios não vão resolver muita coisa nessa hora). Além da dor, algumas regiões também serão afetadas como, mandíbula, ouvidos e bochechas.

Não deixe de ler: 10 curiosidades que você precisa saber sobre a cárie dental

 

Sensibilidade

Sensibilidade

Já deu pra perceber que, ter um dente inflamado não é nada bom, além das dores e do terrível incômodo causado pela infecção, outros sintomas podem surgir ao longo da doença.

Como por exemplo, a sensibilidade. Para quem já teve problemas com sensibilidade nos dentes seja por retração gengival, bruxismo ou gengivite, sabe que ao morder algo, ou tomar uma bebida muito quente ou muito gelada se torna uma verdadeira tortura.

Com o abscesso, a dentina (camada interna que envolve o nervo do dente), pode vir a ficar exposta.

Na dentina encontramos os chamados túbulos, esse possuem líquidos que quando são estimulados pela temperatura, de bebidas ou alimentos no geral, causam assim a sensibilidade.

 

Gosto amargo na boca acompanhado de mau hálito

mau hálito

Uma inflamação geralmente vem acompanhada de secreções, como o pus. Essas secreções são muito infecciosas e ao entrar em contato com a saliva podem causar um amargor na boca ou até mesmo o mau hálito.

Seu dentista pode fazer uma remoção deste pus com raspagem periodontal e alisamento radicular. Dependendo do caso, até mesmo uma cirurgia para raspagem da placa nas raízes.

Descubra quais são os alimentos que fazem mal para os dentes e gengivas

 

Vermelhidão e inchaço na gengiva

gengiva

Sabia que aquela casquinha de milho grudada no dente, após comer uma pipoca pode originar um tipo de abscesso dentário?

Esses tipos de abscessos são considerados pequenos, e são muito mais fáceis de serem tratados por serem originados apenas pela presença de corpos estranhos.

Mas atenção, até uma pequena inflamação no dente pode sim se tornar uma inflamação maior.

Quando você desenvolve um abcesso dentário, a sua gengiva começa a dar sinal de que algo está errado. Incômodos como inchaço visível acompanhado ou não de vermelhidão podem ocorrer, e é preciso estar atento a estes sinais.

O abscesso dentário quando não tratado, pode avançar para osteomielite. A osteomielite é uma infecção no osso, geralmente causada por uma bactéria presente no abscesso dentário, que pode se espalhar através da corrente sanguínea causando sérios problemas a saúde.

Alguns sintomas da osteomielite são:
Náusea
Vômito
Febre
Calafrios
Diarreia

Como anda a saúde da sua boca? Leia agora.

 

Descobri que tenho um abscesso dentário, e agora?

abscesso dentário
Perceber um abscesso dentário, já é dar o primeiro passo para o tratamento. Falamos anteriormente que, observar a saúde da sua boca e conhecer os sintomas é essencial para que o tratamento seja mais assertivo.
Na verdade, o ideal é que esse tipo de inflamação no dente nem apareça não é mesmo? Por isso é importante ressaltar que, ter uma boa higiene bucal e visitar de forma disciplinar o seu dentista de confiança faz toda a diferença.
Com essas atitudes, garantimos que inflamações ou outras doenças dentárias não vão nem passar perto da sua boca.
Contudo, se você identificou alguns dos sintomas listados neste artigo, fique tranquilo, o abscesso dentário tem tratamento e vamos explicar todos eles para você.
Drenagem do pus
O dentista poderá fazer uma pequena incisão no abscesso para poder retirar o pus. Após isso, será feita uma higienização profissional a fim de evitar o ressurgimento da inflamação.

Tratamento de canal
Será necessário quando a polpa dentária for invadida pela cárie. As etapas consistem na remoção da polpa, a drenagem do abscesso, o bloqueio da cavidade central e canais radiculares. Por fim uma coroa para aumentar a resistência do dente.

Raspagem e alisamento das raízes dentárias
Esse é o tratamento mais indicado para os abscessos periodontais, aqueles que atingem as cavidades entre o dente e a gengiva. Neste caso, o dentista fará uma raspagem a fim de diminuir abcesso e o inchaço.

Extração do dente
Em situações mais agravantes, a extração do dente será necessária, seguida de uma drenagem para retirar o pus, a fim de se evitar futuras complicações.

 

Como posso evitar um abscesso dentário?

Com ações bem simples, é possível prevenir o abscesso dentário.
Escove seus dentes diariamente;
Use o fio dental;
Enxaguante bucal com flúor é uma boa pedida também;
Reduza o consumo de açúcar;
Troque a sua escova de dentes a cada três meses ou após ter algum tipo de doenças virais, como gripes e resfriados.

Não espere doer para ir ao dentista, mas se doer, procure a clínica mais próxima de você.
Agende agora mesmo a sua consulta.

Acesse www.redeodonto.com.br e nos siga nas nossas redes sociais.

Posts Relacionados

Saúde bucal: confira 15 hábitos saudáveis para com... Ano novo, novos hábitos. Que tal incluir novas práticas também na sua saúde bucal? Descubra cada um deles neste artigo. 2019, já se aproxima e com ...
Dia mundial do dentista: você conhece todas as esp... Nesse dia 3 de outubro é comemorado o dia mundial do dentista, você conhece todas as especialidades odontológicas deste profissional? Temidos por uns...
Conheça os 7 benefícios principais do uso do apare... Muitas pessoas já precisaram usar aparelho ortodôntico alguma vez na vida, seja ele móvel ou fixo. Hoje em dia, o seu uso tem se tornado cada vez mais...
Entenda como o consumo de água pode interferir na ... Frequentemente, acabamos bebendo pouca água e deixando a hidratação de lado, o que afeta diretamente a nossa saúde bucal.   Ainda hoje, ...

Deixe uma resposta