8 motivos para se ter cuidado com os dentes durante a gravidez

8 motivos para se ter cuidado com os dentes durante a gravidez

A gestação é um momento mágico na vida de toda mulher. Ela desperta inúmeros sentimentos e a vontade de conhecer o bebê só se multiplica ao longo dos 9 meses de gestação. Mas este também é um período que exige muita atenção com a saúde e também cuidado com os dentes. Muito se fala sobre fazer o pré-natal durante os meses de gestação, porém ainda é raro ouvir alguém recomendando visitas regulares ao dentista e o cuidado com os dentes durante a gravidez. Mas se a saúde começa pela boca, já imaginou o quanto a sua saúde bucal pode interferir no bem-estar do bebê?

 

Cárie, placa bacteriana, tártaro, gengivite entre outras doenças bucais parecem ser inofensivas e de simples solução. Porém, quando não tratadas adequadamente, podem evoluir para inflamações mais graves, que podem colocar a segurança da mãe e da criança em risco durante a gestação. Neste artigo, vamos falar sobre os 8 cuidados principais que toda mulher grávida deve ter com os dentes durante o período de gestação e quais são os problemas bucais que podem aparecer durante a gravidez. Quer saber quais são? Acompanhe a leitura até o fim!

Não deixe de ler o nosso último artigo sobre. Higiene bucal: quais são os tipos de fio dental e suas utilidades?

1- As alterações do corpo durante a gravidez podem favorecer o surgimento de doenças bucais

 

No período de gestação, ocorrem inúmeras alterações hormonais no corpo feminino. Estas mudanças desequilibram o organismo, bem como o pH da saliva, o que pode, por exemplo, aumentar as chances de desenvolver problemas bucais. Vermelhidão, sangramento e retração gengival são os mais comuns. Mas também pode ocorrer o surgimento de cáries, o desenvolvimento aftas e aumento da sensibilidade dental a temperaturas extremas, como quente e frio, e a doces.

 

2- O menor fluxo de saliva pode aumentar as chances de desenvolver inflamações

 

Como falamos, a variação hormonal causa alterações bruscas no corpo da gestante e uma delas é a redução da produção de saliva, fluido muito importante para a saúde bucal. A saliva tem o papel de proteger e higienizar as gengivas e os dentes. Sem ela, ambos ficam mais expostos a bactérias causadoras de doenças, como a gengivite e cárie.

 

3- Dieta balanceada para manter o corpo e os dentes fortes durante a gestação e período de amamentação

 

8 motivos para se ter cuidado com os dentes durante a gravidez

Ao contrário do que muitas pessoas dizem, a amamentação não deixa os dentes e ossos fracos. Não passa de um mito acreditar que a amamentação retira cálcio do corpo da mulher. Porém, é fato que a mulher precisa ter uma dieta equilibrada em bons nutrientes durante a gestação e amamentação, pois ela precisa se manter saudável para que o bebê se desenvolva adequadamente tanto no útero quanto nos primeiros meses de vida, quando dependerá exclusivamente do leite materno.

Isso também vai te interessar. Saúde bucal não sai de férias: 6 razões para levar seu filho no dentista

4- A grávida deve evitar realizar tratamento bucais 

 

Apenas consultas de rotina com o dentista, limpezas e aplicações de flúor e antisépticos estão liberadas durante a gestação. Tratamentos mais invasivos, como cirurgias, próteses, implantes, restaurações, clareamentos entre outros procedimentos que necessitam de anestesia ou que utilizam de produtos químicos mais agressivos não devem ser realizados. Em caso de emergência, o dentista avaliará qual é a conduta mais segura tanto para a mãe quanto para o bebê. O foco será amenizar a dor, sem colocar qualquer um dos dois em risco.

 

5- A anestesia para as grávidas é diferenciada

 

Os anestésicos utilizados em gestantes são sem vasoconstritores ou anestésicos com vasoconstritor natural, que não contenham nenhuma substância que comprima os vasos sanguíneos. Isso porque essas substâncias são encontradas no próprio corpo humano, como a adrenalina. Por isso, diferente de anestesias químicas que podem atravessar a placenta e atingir o feto, essas não oferecem risco à mãe e ao bebê.


6- A sensibilidade dos dentes pode aumentar durante a gestação 

 

Como mencionamos nos tópicos anteriores, as alterações hormonais típicas da gravidez fazem com que ocorram alterações na gengiva, como a retração. Isso faz com que a mulher fique mais sensível a variações da temperatura dos alimentos, também pode ocorrer sensibilidade relacionada à acidez e doçura. Para amenizar o desconforto, evite alimentos que despertem a dor.

 

7- Os dentes estão mais sensíveis, por isso exigem mais cuidados

 

Com um furacão de mudanças ocorrendo no corpo feminino durante a gestação, os dentes também sofrem. Porém, muitas pessoas, equivocadas, dizem que os dentes escurecem durante a gravidez. Com a higiene adequada e bons hábitos alimentares, os dentes se mantêm fortes e brancos durante toda a vida.

Não deixe de ler também. Aparelho Ortodôntico Autoligado: 6 benefícios para sua boca

 

8- A gestação aumenta a incidência de cáries

 

8 motivos para se ter cuidado com os dentes durante a gravidez

Como há a diminuição do fluxo e da ação protetora que a saliva exerce sobre os dentes e gengiva e, ao mesmo tempo, há aumento na ingestão de alimentos para complementar a dieta da mulher, as cáries podem aumentar. Isso porque, com essa combinação de fatores, a acidez da boca aumenta, facilitando a desmineralização dos dentes, que acarreta a formação de cáries. Por isso, as gestantes precisam ter atenção especial à saúde bucal. Manter a higiene adequada, escovando os dentes após todas as refeições e fazer o uso correto do fio dental é indispensável para evitar complicações.

 

Uma cárie, caso não tratada inicialmente, pode comprometer a estrutura do dente e levar à sua extração. Um procedimento que não é recomendado durante a gestação. Viu como é muito importante manter o cuidado com os dentes de forma adequada durante os 9 meses de gestação? Se você estiver grávida ou planejando engravidar, procure o seu dentista para avaliar a sua saúde bucal.

 

Estar com os dentes saudáveis impacta diretamente na segurança e saúde do seu bebê. E se você conhecer alguma mulher que está grávida, não deixe de compartilhar este conteúdo com ela. Certamente, ela vai gostar de saber como ela pode cuidar melhor da saúde bucal durante a gestação e prevenir complicações.

 

Quer saber mais sobre os cuidados com os dentes e como a sua saúde bucal influencia na sua qualidade de vida? Acesse o nosso site e veja muitas outras informações interessantes sobre a saúde do seu sorriso.

 

Posts Relacionados

Higiene bucal: quais são os tipos de fio dental e ... A higiene bucal é essencial para manter a beleza do sorriso e, principalmente, a saúde de toda a boca. E uma ferramenta indispensável na tarefa de lim...
Dia do dentista: 8 fatos que seu dentista gostaria... Sorria! Hoje é o dia do dentista. E como bom profissional que é, ele gostaria que você soubesse que ele pode desmascarar mentiras, cáries, doenças e m...
Quais são e como evitar problemas dentários associ...   A diabetes é uma doença que afeta a capacidade do seu corpo de processar o açúcar. Ao ingerir alimentos ricos em carboidratos, são transform...
Qual tipo de restauração dental mais se encaixa no... Neste artigo vamos explicar os tipos de restauração dental e suas características em detalhes. Mas é importante saber que para responder a esta pergun...

Deixe uma resposta