Quais são as causas do câncer de boca e como tratar a doença

Quais são as causas do câncer de boca e como tratar a doença

Lesões, rouquidão, nódulos no pescoço… são apenas alguns dos vários sintomas do câncer de boca, um dos tumores mais comuns no Brasil.

 

A estimativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA) era que, no ano de 2018, 14,7 mil novos casos de câncer de boca fossem descobertos.

 

Ainda hoje, apesar de muitos já termos ouvido falar sobre os males do câncer, poucos sabem os sintomas relacionados à doença quando ocorre na boca. 

 

E é por isso que falar sobre o tema é tão importante.

 

Quer saber mais sobre a doença, suas causas e tratamento? A gente te explica!

Entendendo o que é o câncer de boca

 

A principal característica da doença, assim como qualquer outro câncer, é o crescimento celular desordenado, uma vez que gera células anormais neoplásicas capazes de invadir os outros órgãos do corpo (o que chamamos de metástase).

 

Quando esse crescimento passa a ser incontrolável, agressivo e em grande quantidade, o câncer é identificado como maligno, pois deixa a pessoa debilitada e pode levá-la à morte.

 

Na boca, é comum manifestar-se nos lábios e no interior da cavidade oral.

 

Grande parte dos pacientes são homens brancos, com idade superior a 40 anos.

 

Entretanto, não é impossível que uma pessoa mais jovem, não tabagista e não alcóolica, contraia a doença.

 

O Ministério da Saúde recomenda a consulta frequente com um profissional de saúde, dentista ou médico.

 

Deveríamos, portanto, fazer uma avaliação profissional pelo menos uma vez por ano.

 

Já leu o nosso último artigo? Tártaro nos dentes: o que é e como tratar o problema?

 

Os principais sintomas

 

Muitos dos sintomas do câncer de boca podem ser observados com um pouco mais atenção.

 

São eles: lesões nos lábios e/ou na cavidade oral que estão a mais de 15 dias sem cicatrizar, nódulos no pescoço, rouquidão constante e manchas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, bochecha e palato.

 

Em casos mais avançados, podemos notar dificuldades para mastigar e engolir, dificuldade para falar e/ou a sensação de que algo está preso na garganta.

 

As causas do câncer bucal

 

Quais são as causas do câncer de boca e como tratar a doença

 

Tanto fatores externos quanto internos podem contribuir para o desenvolvimento de um câncer.

 

As principais causas externas do câncer de boca podem ser facilmente evitadas.

 

O fumo é a principal causa da doença a Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que 90% dos pacientes que são diagnosticados com câncer de boca tiveram hábitos tabagistas durante a vida.

 

Outro motivador é o consumo regular de bebidas alcoólicas e, principalmente, a associação de cigarros e bebidas.

 

Também é possível desenvolver o câncer após a contração do vírus HPV, transmitido por sexo oral, e pela exposição ao sol sem proteção adequada, que representa um risco para o desenvolvimento de câncer de boca nos lábios e câncer de pele.

 

Em muitos casos, foram observados outros dois fatores em comum entre os pacientes: tinham uma higiene bucal deficiente e mantinham uma dieta pobre em vitaminas, proteínas e minerais, mas rica em gorduras.

 

As melhores formas de prevenção

 

De acordo com o Ministério da Saúde, a prevenção do câncer de boca começa pelo dentista e 80% dos casos envolvendo a doença tem cura.

 

Prevenir a doença é fácil: primeiramente, precisamos ter hábitos mais saudáveis no nosso dia a dia.

 

Parar de fumar é praticamente uma regra que deve ser levada a sério, já que os cigarros liberam mais de 4.700 substâncias tóxicas no nosso organismo.

 

Sempre que pudermos, devemos evitar o consumo frequente de bebidas alcoólicas e investir em uma dieta rica em alimentos saudáveis e nutritivos.

 

Além disso, devemos nos atentar à nossa higiene oral, um dos cuidados mais básicos que devemos ter com a cavidade bucal.

 

É simples: comece escovando os dentes pelo menos duas vezes por dia e usando o fio dental diariamente.

 

Para a OMS, o hábito de prevenção será capaz de reduzir a incidência de câncer em 25% até o ano de 2025.

 

O ideal é que seja feito um diagnóstico precoce, durante as consultas de rotina, de maneira que seja possível evitar o desenvolvimento do câncer.

 

Sua escova de dente anda velhinha? Então você não pode deixar de ler sobre: Higiene bucal: Como escolher a melhor escova de dente?

 

O acompanhamento da doença

Quais são as causas do câncer de boca e como tratar a doença

Ao consultar com um profissional, passamos por uma série de procedimentos capazes de diagnosticar e acompanhar o desenvolvimento da doença.

 

O exame físico é feito por meio de um exame detalhado e meticuloso da cavidade bucal, no qual o tumor é identificado e suas características registradas.

 

É após ele que o exame endoscópico do cavum e a videolaringoscopia são feitos.

 

A biópsia da lesão pode ser incisional, quando feita por pinça saca-bocado, sob anestesia local, ou por agulha fina em lesões infiltrativas que estejam subjacentes à área de mucosa normal.

 

A extensão da doença refere-se a avaliações clínico-radiológicas que, a partir da inspeção e palpação, buscam determinar a extensão da lesão antes do tratamento.

 

A avaliação radiológica, por sua vez, é complementar e mostra comprometimento ósseo e/ou infiltração das partes moles.

 

Os exames de exceção são os procedimentos considerados de exceção são a tomografia computadorizada e a ressonância magnética. Eles são utilizados para avaliar a extensão do tumor nos casos em que o exame clínico não é suficiente.

 

É na etapa dos exames pré-operatórios que são realizados:

  • hemograma completo e o coagulograma;
  • o eletrocardiograma;
  • a análises de risco cirúrgico;
  • proteínas totais;
  • a função hepática;
  • dosagem sanguínea de eletrólitos.

 

O suporte pré-operatório também tem grande importância, pois uma equipe multidisciplinar é encarregada dos cuidados do paciente.

 

Com o desenvolvimento da doença, profissionais de odontologia, nutrição, enfermagem, psicologia, fisioterapia e fonoaudiologia são envolvidos.

 

É por meio desses exames que o profissional de saúde pode acompanhar o desenvolvimento do câncer de boca e indicar o melhor tratamento para o paciente.

 

O verão está com tudo! Conheça  4 dicas importantes de cuidados com os dentes no verão

 

Os melhores tratamentos para o câncer de boca

 

Quais são as causas do câncer de boca e como tratar a doença

 

Antes de mais nada, precisamos lembrar que cada caso deve ser analisado individualmente antes que um tratamento seja recomendado.

 

A remoção cirúrgica costuma ser feita quando o tumor ainda está no estágio 0 e ainda não é invasivo. Caso haja ressecção, o paciente precisa fazer radioterapia.

 

Nos estágios I e II, os pacientes podem ser tratados com cirurgia ou radioterapia. E a mesma pode ser combinada com quimioterapia.

 

Nos estágios III e IV pode ser feita uma combinação entre cirurgia e quimioterapia ou radioterapia e cetuximab.

 

Quando está no estágio IVB, ou seja, os cânceres já foram disseminados pelo corpo, o tratamento frequentemente recorre a uma combinação do cetuximab com a quimioterapia.

 

A radioterapia também pode ser administrada para aliviar os sintomas.

 

Se a doença for recidiva, ou seja, tiver voltado após o tratamento, as opções dependem do tamanho do tumor, de quais métodos já foram utilizados e do estado de saúde atual do paciente.

 

Tendo em vista que cada pessoa é diferente e a manifestação do câncer nem sempre ocorre da mesma maneira, a avaliação médica é indispensável para determinar qual é a melhor forma de tratamento.

 

Agora, você já sabe o que fazer caso apresentar os sintomas do câncer de boca.  Continue acompanhando nossos conteúdos pelas redes sociais para aprender mais sobre os cuidados bucais!

 

Acesse www.redeodonto.com.br e agende agora a sua avaliação.

 

assinatura Dr. Sorriso

 

 

 

Posts Relacionados

4 dicas importantes de cuidados com os dentes no v... Estar de férias não é desculpa para deixar a saúde da sua boca de lado. Confira 4 dicas para dentes mais saudáveis no verão. A estação mais quente ...
No mês das noivas confira 5 dicas para um sorriso ... A cerimônia é um dos momentos mais importante e inesquecíveis da vida de alguém.   Principalmente quando falamos das noivas, os  preparativ...
Vantagens e desvantagens: conheça 4 tipos de escov...   A escova de dentes é um utensílio pessoal que você usa diariamente. Ela é um objeto imprescindível para o ser humano e é extremamente necess...
Páscoa saudável: como cuidar da saúde dos seus den...     A Páscoa é um data de muita alegria, união e comemoração. Além disso, ela também é uma das épocas mais gostosas do ano - senão a m...

Deixe uma resposta